Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN)

O Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN) pode ser classificado como uma circulação de ventos fechada, que gira no sentido horário em altos níveis da atmosfera e com núcleo frio. Sua área de formação varia conforme a estação do ano, sendo mais comum durante os meses de verão na região Nordeste, e ao longo do inverno e primavera próximo à região Sul. 

A formação clássica do VCAN está associada ao avanço de sistemas frontais (frentes frias) em direção a costa norte do Sudeste e costa sul da Bahia, e a intensificação de um sistema conhecido como Alta da Bolívia (AB), que atua em altos níveis da atmosfera  próximo ao Centro-Oeste do Brasil, e favorece a configuração do vórtice. A formação do VCAN na região Nordeste também está associada à intensificação da Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS), um dos principais sistemas responsáveis por chuvas intensas durante os meses de dezembro, janeiro e fevereiro entre o Norte e Sudeste do país.

Seu tempo de vida é de aproximadamente 7 dias, e ao longo desse período é capaz de provocar temporais na região Nordeste, e fornecer suporte para a configuração de ciclones extratropicais próximos à região Sul. No centro do VCAN formado no Nordeste, a tendência é de tempo firme, enquanto em sua periferia o risco de tempestades aumenta de forma considerável. 

Uma das principais e mais curiosas influências do VCAN Nordestino é a ocorrência de granizo no Sertão, fator bastante incomum nesta região. Entre os dias 12 e 13 de janeiro de 2022, moradores do Sertão da Paraíba e Rio Grande do Norte registraram chuva de granizo devido à influência do sistema, e poucos dias depois os cidadãos do sertão pernambucano também puderam observar o fenômeno.

Figura 1 – Circulação dos ventos em 250hPa (aproximadamente 10km de altura), indicando a atuação do Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN) e a Alta da Bolívia (AB) em 01/05/2005. Fonte: ERA5 Reanalysis. Arte e análise: FieldPRO.

Referências

LOURENÇO, Maria Cristina Maciel; FERREIRA, Nelson Jesus; GAN, Manoel Alonso. Vórtices ciclônicos em altos níveis de origem subtropical. Climanálise Especial, v. 10, p. 163-167, 1996.

Cavalcanti, Iracema FA. Tempo e clima no Brasil. Oficina de textos, 2016.

Quer ter uma previsão do tempo da sua própria fazenda?

Com o modelo exclusivo de previsão hiperlocal da FieldPRO isso é possível. Converse com nossa equipe agora mesmo para saber mais informações: Whatsapp FieldPRO

Quer ter uma previsão do tempo da sua própria fazenda?

Com o modelo exclusivo de previsão hiperlocal da FieldPRO isso é possível. Converse com nossa equipe agora mesmo para saber mais informações: Whatsapp FieldPRO